Desaposentação foi REJEITADO pelo STF

Por 7 votos contra 4 o STF – Supremo Tribunal Federal rejeitou o pedido de desaposentação. Agora é esquecer este assunto que não pode mais recorrer a nada, já que o Supremo tem o veredito final.

Os 7 ministros julgaram improcedente porque quem se aposenta e continua trabalhando é por livre e espontânea vontade, apesar de que, continua contribuindo, mas eles acham que o povo é obrigado a pagar para ajudar o governo, mesmo não recebendo nada em troca.

Está confirmado: A corda sempre arrebenta para o lado mais fraco,

Até um dos Ministros que votou a favor disse isso durante o julgamento. Mas a decisão já estava tomada e ninguém mudou de opinião.

Julgamento

Durante os últimos dias foi intensa a ida de emissários do governo pedindo para que a desaposentação fosse rejeitada. Tanto que até a Associação dos Aposentados já previa isso e tentou até adiar o julgamento.

A interferência do governo é visível, pois todos que contribuem após se aposentarem teriam o direito de pedir a desaposentação, ou no mínimo, receber de volta o que foi pago. Um valor que o INSS está embolsando sem dar nenhum benefício, dizem que é para seguridade social.

Dizem que é o princípio da solidariedade, mas isso é só por parte dos trabalhadores que recebem uma aposentadoria cada dia mais reduzida e sem direito a reclamar.

Votaram contra

  • Dias Toffoli,
  • Teori Zavascki,
  • Edson Fachin,
  • Luiz Fux,
  • Gilmar Mendes,
  • Celso de Mello,
  • e a presidente, Cármen Lúcia

Votaram a favor e foram votos vencidos

  • Marco Aurélio,
  • Luís Roberto Barroso,
  • Rosa Weber e
  • Ricardo Lewandowski.

Quem já estava recebendo por ordem da justiça, vai ter que devolver tudo.

Nova lei do INSS

E vem mais bomba por aí, a nova lei do INSS vai limitar a idade mínima para se aposentar

65 anos ou pode ser até 70 anos de idade

captura-de-tela-2016-10-26-as-20-27-08

Resta saber: Alguém tem coragem de acabar com os altos salários nas aposentadorias e pensões de:

  • Presidente da República
  • Ministros do Supremo
  • Senadores
  • Deputados
  • Ministros
  • E milhares de cargos do governo que tem muitos privilégios, pensões vitalícias e por aí vai. É isso que quebra o INSS.

É só ver em cada setor do governo pela ficha da transparência, os valores astronômicos dos salários, das aposentadorias e pensões. Isso é legal e ninguém mexe.

 

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Por: fslonikEm: 26 de outubro de 2016 | Em Geral  | Tags: ,  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *