Direitos de aposentadoria com a nova lei da previdência

A nova lei ainda está no Congresso Nacional para discussão e acerto de todos os pontos para as novas aposentadorias e como que vai ficar a regra de transição para quem está perto de se aposentar.

Salvo mudanças, a nova lei diz que:

Quem tem mais de 45 anos (mulher e 50 (homem) terá que pagar um pedágio de 50% sobre o tempo que falta para completar o tempo de contribuição atual, então, no seu caso:

Tem mais de 45 anos de idade e 29 anos e seis meses de contribuição, isso que dizer que, se a nova lei fosse assinada este mês, como ainda faltam 6 meses para completar os 30 anos de contribuição, terá que pagar o pedágio de 50% sobre os 6 meses = 6 + 50% = 9 – Teria que trabalhar 9 meses para completar o tempo e pedir sua aposentadoria.

A nova lei também acaba com a regra 85/95 e com o fator previdenciário para todos os cálculos de quem ainda não tenha completos o tempo de contribuição até a assinatura da lei.

Isso quer dizer, que a Sra. vai se aposentar de acordo com o novo cálculo da lei que está chegando e que diz:

51% mais 1% por ano trabalhado. No seu caso, 51 + 30 (anos trabalhados) = 81% – Seria 81% sobre a média de todas as suas contribuições e cada ano que trabalhar a mais vai contar mais 1%.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Por: fslonikEm: 27 de fevereiro de 2017 | Em Perguntas e Respostas  |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *