Comunicação ao INSS de falecimento do segurado

O atestado de óbito já é suficiente para apresentar e dar baixa no benefício. É bom levar junto o cartão do banco em que recebia o benefício ou qualquer outro comprovante do benefício.

Não precisa ser na agência de origem. Pode ser aí na sua cidade mesmo e é só ir lá levando o seu documento e a certidão de óbito que eles irão dar a devida baixa.

O único jeito é comparecer a uma agência do INSS de sua cidade e não precisa agendar.

8 comentários em “Comunicação ao INSS de falecimento do segurado”

    • Só ir novamente na agência do INSS e dizer que nãzo consegue agendar. Leve o certidão de óbito e o nr. do benefício e solicite o cancelamento. Lembre-se de que não pode receber nenhum mês do benefício, mesmo que chegue no banco, pois o INSS vai exigir a devolução e ainda terá que responder um processo.

      Responder
  1. Meu padastro faleceu dia 27 de julho. Eu sou procurador dele para recebimentos. Ele recebe dia 01 de agosto. Posso receber essa quantia ainda? Apesar do banco ficar com quase todo o dinheiro retido devido as dividas no mesmo e que por sua ves sobra só 173 reais de seu benefício.

    Responder
    • Se faleceu dia 27 de julho, já tem direito de sacar o benefício do mês, então pode. Mas depois terá que levar a certidão de óbito e pedir a baixa no INSS. Quantos as dívidas, terá que ver se com a morte dele, todas serão quitadas ou não.

      Responder
  2. minha mae faleceu dia 23 de agosto,deiaixa no inss dia 27 de agosto ela ainda recebe neste mes?ja que tenho duvidas e se isso passa o que se pode fazer ja que nao nos pertence mas?

    Responder
    • O INSS libera o pagamento até o dia do falecimento e poderá retirar o dinheiro. Caso tenha dúvidas, só ir a uma agência do INSS, levar o certidão de óbito e o extrato do banco com o último pagamento.

      Responder
    • É obrigado informar o INSS o falecimento de um segurado. O Cartório pode já ter informado, e fica proibido qualquer saque de aposentadoria sob pena de responder na justiça.

      Responder

Deixe um comentário